Forex no Brasil

O Forex no Brasil é praticamente um tabu. Se você for conversar com um trader que opera na Bovespa ou BM&F ele provavelmente vai te falar que Forex é muito arriscado e proibido no Brasil. Será que isso é verdade?

Esse artigo tem a intenção de esclarecer as dúvidas que muitas pessoas possuem sobre assunto e jogar por terra alguns mitos infundados. Vamos discutir a legalidade de se operar Forex no Brasil, como operar e por onde começar. Então vamos lá… começando do começo…

Forex é proibido no Brasil?

Todos os mercados financeiros existentes no Brasil são regulamentados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). No caso do mercado de Forex não existe regulamentação alguma, o que gera toda a confusão.

O que diz a CVM sobre o Forex no Brasil

Existe uma cartilha da CVM tratando exclusivamente sobre esse mercado e nela eles dizem com todas as letras que é totalmente legal um brasileiro realizar investimentos no estrangeiro. Qualquer um pode comprar uma casa, investir em imóveis ou comprar e vender instrumentos financeiros fora do Brasil.

Resumindo: é completamente legal qualquer brasileiro enviar seu dinheiro para fora do país e realizar operações de Forex em corretoras internacionais.

O que é proibido

Como esse mercado não é regulamentado por aqui, nenhuma corretora de valores que esteja sediada no Brasil pode oferecer essa modalidade investimentos. Também é proibido que essas empresas captem ativamente clientes no solo brasileiro, através de anúncios publicitários.

Investir em forex é seguro?

Outra coisa que se ouve falar muito por aqui é que investir em forex é muito arriscado, que não é seguro investir em Forex. Essa concepeção se dá porque muitas corretoras de forex oferecem alavancagens enormes que chegam ao nível de 1:500 (alavacangame de 500 vezes).

A alavancagem é como uma “faca de dois gumes”: ao mesmo tempo que permite multiplicar seus ganhos com pequenos movimentos de um ativo, também multiplica suas perdas. Como a maioria dos traders iniciantes ficam fascinados com a possibilidade de “ganhar muito investindo pouco” eles acabam vítimas de sua própria ganância e perdem todo seu capital em poucos meses ou dias.

A verdade é que “trading com margem” (quando se usa alavancagem) não é uma exclusividade do mercado de Forex. Inclusive dentro do Brasil todo dia centenas de traders negociam índices e contratos de dólar usando alavancagem.

Em suma: investir em Forex não é necessariamente mais ou menos do que arriscado que outras modalidades de investimento. O que acontece é que alguns usam alavancagem excessiva e acabam perdendo muito devido a isso.

A ausência de regulamentação não torna esse mercado mais arriscado?

Ainda que o Forex não seja regulamentado aqui no Brasil, as corretoras internacionais são obrigadas a seguir as regras dos países em que estão. Alguns países possuem regulmantação fortíssima que proteje inclusive investidores brasileiros que mandam dinheiro para lá.

Tradicionalmente as agências reguladoras dos EUA e Reino Unido são conhecidas por seu rigor, mas países como Austrália e Chipre tem cada vez mais fortalecido suas agências e de um modo geral corretoras desses países também são confiáveis.

Existem muitas corretoras no Chipre (inclusive algumas ruins), mas não é pela ausência de regulamentação e sim pelos incentivos fiscais que recebem.

Conhecer algumas corretoras de forex confiáveis

Porque o Forex é discriminado no Brasil?

Apesar de ser totalmente legal, não dá para negar que existe uma certa marginalização do Forex em terras brasileiras. Até traders experientes torcem o nariz ao ouvirem você falar que opera Forex. Existem algumas razões para isso acontecer:

1- Falta de conhecimento

A maioria dos traders, investidores e gestores que negociam na Bovespa e BM&F simplesmente desconhecem como realmente funciona o mercado de “Forex de varejo”. Além disso, muitos já ouviram histórias de pessoas que perderam tudo em poucas horas e acham uma loucura uma alavancagem de 1:500 ou nem sabem que existe uma forte regulamentação em alguns países.

Como a tendência do ser humano é ter medo do que desconhece e se acomodar, acabamos num cenário no qual essas pessoas ultra experientes nos mercados brasileiro são totalmente ignorantes em relação à possibilidade de operar Forex de maneira segura e responsável.

2- Mentalidade errada

Outra razão que gerou a situação atual é mentalidade errada que muitas pessoas chegam no mercado. Infelizmente quase todos que chegam até o Forex estão procurando uma forma fácil de ganhar dinheiro. Acham que vão transformar uma conta de trading de U$100,00 em $1.000.000,00 em poucos meses e se expõem a riscos excessivos.

O mercado é implacável. O destino de todos que arriscam demais é sempre o mesmo: quebrar a conta e perder todo o capital. Por isso é tão importante aprender bastante e entender o que se está fazendo antes de começar a investir.

3- Golpes e Golpistas

A última razão que gerou toda essa desconfiança em relação ao Forex no Brasil é que alguns vigaristas se aproveitam da ganância e da falta de conhecimento das pessoas para aplicar golpes.

São diversos os casos de pessoas que se dizem traders de forex e oferecem rendimentos garantidos. Mostram gráficos de retornos altíssimos, geralmente inventados, e dizem para suas vítmas que se elas investirem terão os mesmos lucros. Depois de um tempo o golpista “some” com o dinheiro todo e aqueles que caem no golpe ficam a ver navios.

Existem algumas variações nos tipos de esquema oferecidos, mas de um modo geral todos oferecem “retornos garantidos”.

Conclusões

Como apresentamos aqui e a própia CVM afirma em sua cartilha, é totalmente legal um brasileiro enviar dinheiro para uma corretora de fora do país e negociar moedas ou outros ativos.

Como qualquer tipo de investimento de risco, é importantíssimo que se entenda bem o mercado de Forex e a “mecânica” ligada à sua operação antes de se jogar de cabeça. Praticamente toda corretora oferece contas de demonstração (simulador) e você deve considerar a utilização por longos meses desse tipo de conta antes de criar uma conta com dinheiro real.

É realmente importante ficar atento com golpistas e saber que ninguém pode falar que vai usar um dinheiro seu para investir em Forex. Desconfie de qualquer um que oferecer retornos garantidos em qualquer tipo de mercado de renda variável (forex, bolsas de valores etc).

Se você decidiu conhecer melhor esse mercado, escolha uma corretora respeitável, crie uma conta de demonstração e estude muito.


Compartilhe


Conheça