É possível viver de mercado?

Viver de trading, viver de mercado de ações, de forex ou qualquer outro mercado é o sonho de muitas pessoas que se interessam pelo mercado financeiro. A possibilidade de não ter chefe ou patrão, de fazer seu próprio horário e poder trabalhar de qualquer lugar do mundo é o sonho de muita gente e é exatamente isso que alguns tentam conseguir negociando nos mercados.

Muito se diz sobre o assunto, mas pode-se contar nos dedos o traders que são realmente lucrativos. Depois que se começa a estudar como se tornar um trader é comum ouvirmos/lermos a máxima de 90% dos traders perdem dinheiro. Diante disso fica a pergunta… “É possível sobreviver apenas de trading?”

Essa é uma pergunta composta por fatores implícitos que podem variar de pessoa para pessoa. Os principais deles são: quanto você precisa para sobreviver? quanto de capital você tem para começar?

Como esses fatores podem interferir na resposta à pergunta, vamos simplificar a pergunta…

No longo prazo, é possível ser lucrativo realizando trading?

Na verdade, tudo é possível nos mercados.

  1. Há dias que R$0,25 são transformados em R$32.140,00
  2. Há dias que R$740.000 são transformados em R$0
  3. Há dias que R$30 viram R$0,30
  4. Há dias que R$150 viram R$1.500,00

Independente de quanto o mercado financeiro pareça lucrativo, ele é quase sempre um “jogo de soma zero“. O princípio é que colocar um ovo em sua cesta significa tirar um ovo da cesta de alguém.

A pessoa deve respeitar o fato que a inteligência de um único trader é sempre menor do que a “inteligência coletiva” que ele está contra. Então você deve entender o fato de que está “disputando contra” algumas das mentes e máquinas mais geniais, então não espere nem um tipo de misericórdia se você sofreu alguma perda antes. Não há nenhum pacto que diz que sua próxima operação trará algum tipo de justiça para você.

Tirar sua subsistência do mercado financeiro é possível e muitos o fazem, mas pessoalmente não conheci um trader sequer que tivesse apenas sequências de vitórias e lucros. Todos possuem seus altos e baixos. O mais importante, portanto, é como a pessoa gerencia o risco. É isso. O quão bem você é capaz de gerenciar as perdas ou quão bem você é capaz de proteger (hedge) seu capital é que vai te dar consistência, que é algo que você deve buscar.

Aprender é um dos pontos-chave, assim como em qualquer campo, uma pessoa bem informada também pode tomar melhores decisões nessa área, mas a prática e a teoria podem ser divergentes. Como há um infinito número de estratégias e ferramentas para te deixar confuso. Portanto seguir um único “postulado” é muitas vezes melhor do que sair aplicando tudo que você aprendeu, pois aplicar em suas trades toda ideia diferente que você tem não é algo que vai te ajudar a aumentar sua conta bancária.

Uma sugestão é não ouvir ninguém que falar que descobriu como o mercado funciona ou que tem uma fórmula para o sucesso. Eles não possuem. Ninguém nunca “desvendou os segredos” do mercado ou aquele que pensaram que o fizeram nunca estavam certos. O mercado é como um bêbado que vai sempre seguir a boa e velha teoria do passeio aleatório.

Análise Técnica não é a prova de falhas e nenhum sistema nunca funcionou todas as vezes, portanto não espere isso. O que pareceu funcionar estatisticamente são alguns padrões que você pode encontrar, mas é apenas uma chance. Uma criança com uma decisão baseada aleatoriamente numa moeda não é muito pior do que um “analista informado”.

O fato é que se você busca viver de trading, você vai precisar disciplina, algo que é difícil de se desenvolver.

É possível ganhar R$10.000, R$15.000 por mês com mercados?

Com certeza é possível ganhar. Perder também.

Se é possível, como conseguir?

Como tudo na vida um progresso gradual também pode ser feito nessa área. Na verdade você pode se tornar um expert nesse campo devido a enormidade de materiais e conteúdos (gratuitos e pagos) que estão ao seu alcance. Material que a geração passada não tinha acesso tão facilmente.

Com certeza será um caminho com percalços, afinal você não é uma máquina e sim um ser humano. Com certeza em sua jornada encontrada algumas belas montanhas e também alguns vales ruins.

Minha sugestão é que você comece com o pé direito, se informando bem com o melhor conteúdo disponível e escolhendo uma boa corretora para testar por um bom tempo antes de entrar de cabeça.

Assista nosso vídeo sobre o assunto


Compartilhe


Conheça