Calculadora de Rendimentos com Aportes Mensais

Use essa calculadora de juros compostos para calcular uma conta de aposentadoria ou investimento de longo prazo. Role até o final da página para ver a fórmula de Juros Compostos.

Insira o valor a ser investido inicialmente

Que dá {{tools.yearlyRate(finance.gainPerMonth)}}% ao ano.

Capital extra investido todo mês

Rendimento do último mêsBalanço finalTempo investido
{{month.maxGain | currency:"$":0}}{{month.finalEquity | currency:"$":0}}{{tools.monthsInYears(month.monthNumber) }}{{tools.isAMillion(month.million) }} {{tools.hasDoubled(month.hasDoubled) }}


Calculadora de Juros Compostos

Com essa ferramenta você pode calcular juros compostos com aporte mensal e consegue literalmente visualizar "o poder dos juros compostos" e simular diferentes cenários, com diferentes rentabilidades mensais e diferente valores de aportes recorrentes.

Você pode "brincar" com as diferentes variáveis do tripé: taxa de retorno, tempo e montante investido para, assim, criar seu plano de liberdade financeira e definir quanto deve investir por mês.

Seguindo seus planos atuais em quantos anos você alcançará seu primeiro milhão?

Fórmula de Juros compostos com aportes mensais

Os juros compostos com aportes mensais são uma forma de calcular o crescimento de um investimento onde contribuições adicionais são feitas regularmente. A fórmula leva em conta não apenas o capital inicial e a taxa de juros, mas também os aportes mensais.

Fórmula Básica

A fórmula geral para calcular o montante final (M) é:

M = P(1 + r)^n + Aporte * [((1 + r)^n - 1) / r]

Onde:

  • P é o capital inicial.
  • r é a taxa de juros por período.
  • n é o número total de períodos.
  • Aporte é o valor dos aportes mensais.

Fórmula para Excel e Google Sheets

Para aplicar esta fórmula no Excel ou Planilhas do Google, você pode usar a seguinte função:

=P*(1+r)^n + Aporte * (((1+r)^n-1)/r)

É importante substituir P, r, n e Aporte pelos valores correspondentes em sua planilha. No Excel e no Google Sheets, a taxa de juros (r) deve ser expressa em formato decimal (por exemplo, 5% deve ser inserido como 0.05).

Exemplo

Suponha que você tenha um capital inicial de R$1.000, uma taxa de juros de 5% ao ano, aportes mensais de R$100, e você quer calcular o valor acumulado após 10 anos. A fórmula ficaria:

=1000*(1+0.05)^10 + 100 * (((1+0.05)^10-1)/0.05)